Comunidades de Angra dos Reis começam a ser ocupadas para instalação de UPPs

By | janeiro 10, 2020

Angra dos Reis – O processo para implantação das Unidades de Polícia Pacificadores (Upps) de Angra dos Reis teve início nesta sexta-feira (10). Forças de segurança do Estado do Rio de Janeiro começaram a ocupar os bairros Belém, Camorim Grande e Frade.

A operação nas comunidades conta com 150 agentes do Comando de Operações Especiais (COE) e também com apoio de policiais do 33ª Batalhão da PM (Polícia Militar).

O governador Wilson Witzel publicou nas redes sociais, imagens de uma capacitação que os policiais do Batalhão da Polícia Militar que atua na cidade estão recebendo. O treinamento é voltado para as ações operacionais das UPPs e também para melhorar a atuação dos policiais no dia a dia na cidade.

A movimentação começou desde cedo com ônibus, caminhões, camburões e viaturas das forças de segurança que estão circulando em Angra dos Reis, inclusive pela BR-101 (Rodovia Rio-Santos).

A chegada das UPPs vai impactar diretamente quase 28 mil pessoas, estimativa da população que vive nas três comunidades, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

408 Visualizações
Compartilhe