Praça Seca tem quarto dia de intensos tiroteios

By | outubro 5, 2019

Rio – Pelo quarto dia subsequente moradores da Praça Seca e bairros nos arredores, na Zona Oeste do Rio, reclamam de intensos tiroteios no interior das comunidades Bateau Mouche e São José Operário. De acordo com informações, traficantes de drogas e milicianos disputam o território naquela região.

Logo pela manhã deste sábado, moradores usaram as redes sociais para relatar sobre os tiros. Segundo a plataforma Fogo Cruzado, o confronto começou por volta das 6h40. Um vídeo mostra o momento em que atletas amadores, que participavam de uma maratona na  Vila Olímpica do Mato Alto, precisaram se abrigar para fugir do tiroteio. 

Em outro ponto da região, um motorista de ônibus ficou ferido depois de ter sido atingido por estilhaços de um tiro que acertou uma vidraça do veículo que estava estacionado em um ponto de ônibus. 

Em nota a Assessoria da Secretaria da Polícia Militar informou que equipes do 18º BPM (Jacarepaguá), com apoio do Batalhão de Ação com Cães, ocupam a região. Até o momento, não há informações de prisões ou apreensões.

No mês passado uma equipe do 18º BPM prendeu o miliciano Raphael da Silva Nascimento, conhecido como Pezão. Ele é apontado como chefe do grupo paramilitar que invadiu o Bateau Mouche. Criminosos ameaçam explodir uma base avançada da PM que ficava dentro da favela. 

593 Visualizações