Adolescente é apreendido por suspeita de participação em milícia

By | setembro 6, 2019

Policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) apreenderam nesta quarta-feira um adolescente de 16 anos em Itaboraí, Região Metropolitana do Rio. Ele é suspeito de integrar a milícia que domina bairros da cidade e cobra taxas de comerciantes e moradores. O grupo paramilitar também é investigado por matar e ocultar corpos de traficantes e rivais.

A DHNSGI chegou ao menor após receber denúncias de que milicianos estavam extorquindo dinheiro de comerciantes no bairro Porto das Caixas. Os policiais foram ao local e encontraram o menor armado com um revólver calibre 38. O nome do menor é citado em um inquérito da especializada sobre a atuação do grupo miliciano.

O grupo de milicianos é ligado a Orlando Oliveira de Araújo, o Orlando Curicica, e Renato Nascimento Santos, o Renatinho Problema, ambos presos.

Em depoimento, na DHNSGI, o menino de 16 anos confessou que era o responsável por monitorar a chegada da polícia na localidade e também fazia o recolhimento de taxas que os comerciantes são obrigados a pagarem aos milicianos.

Segundo a Polícia Civil, o menino não nunca havia sido apreendido. Após prestar esclarecimentos na DHNSGI, o adolescente foi indiciado por porte de arma e organização criminosa. Ele será levado à audiência de custódia nesta quinta-feira.

No caminho para a delegacia, a equipe da DHNSGI ainda trocou tiros com milicianos do bairro Visconde, também em Itaboraí. Não houve feridos nem presos.

726 Visualizações