Motorista de aplicativo desaparecido pode ter sido morto pela milícia de Jacarepaguá

By | maio 1, 2019

O carro encontrado queimado na comunidade Santa Maria em Jacarepaguá, que é controlada por milicianos, é do motorista de aplicativo Eric Azor de Melo e Souza, 28 anos, que está desaparecido. O veículo foi achado no alto da comunidade Santa Maria. O local fica bem próximo do que já tinha sido identificado pela família de Eric como o último momento em que o sinal de GSP do automóvel tinha sido rastreado.

“Já foi confirmada a placa e o chassi, sendo que o corpo do meu irmão sumiu, desapareceu. A gente não tem mais esperanças de encontrá-lo vivo, pelas circunstâncias”, conta Viviane de Melo Ferreira, 44, irmã do motorista.

Após o carro ser encontrado, a família disse que um corpo estava dentro do automóvel, mas depois corrigiu a informação.

“A informação dos moradores é que tinha um corpo dentro do carro. Se tinha ou não, ele não foi para o IML, não foi retirado pelo Corpo de Bombeiros. Ele simplesmente está sumido, desaparecido”, explicou Viviane, que arrisca uma hipótese para o caso. “Estamos desconfiando que foi a milícia que sumiu com o corpo dele. Matou ele por engano”.

Eric Azor
Eric Azor
1.788 Visualizações