Menina atingida por linha chilena teve a veia femoral rompida e continua em estado grave

By | abril 2, 2019

Uma menina de 8 anos teve as duas pernas cortadas por uma linha chilena ao passar por uma passarela na Avenida Brasil, altura de Realengo, na Zona Oeste do Rio, neste domingo. Por causa do acidente, a veia femoral da perna esquerda se rompeu. A criança está internada na UTI pediátrica do Hospital municipal Albert Schweitzer, também em Realengo, em estado grave.

Ela contou que seguia com a filha — a menina voltava da casa do pai — quando Eloah saiu correndo. A mãe pediu que a criança voltasse. Quando ela fez isso, foi ferida pela linha. Vanessa começou a gritar pedindo socorro.

— Minha filha quase perdeu as pernas. Hoje (terça-feira) ela acordou muito nervosa, chorando, dizendo que não está sentindo a perna. Estou tentando acalmá-la — disse a mãe de Eloah, Vanessa Oliveira de Souza, de 26 anos.

Eloah foi operada. Durante a cirurgia, os médicos tiraram uma veia de um dos pés da garota para colocar na perna, auxiliando assim a circulação do sangue.

As linhas chilenas — usadas para soltar pipa — têm a venda proibida no Brasil. Algumas são feitas com óxido de alumínio, o que as torna extremamente cortantes.

451 Visualizações