Família busca por irmãos confundidos com milicianos e assassinados pelo tráfico na Praça Seca

By | abril 23, 2019

A guerra entre a milícia e o tráfico na Praça Seca, em Jacarepaguá, já deixou um rastro de violência na região. Uma família, em particular, ainda sente na pele o terror imposto pela disputa: os irmãos Brendow e Brendo Vicente estão desaparecidos desde junho do ano passado, e a polícia acredita que estão mortos. Confundidos com milicianos, eles teriam sido torturados e assassinados por traficantes.

Brendow Ribeiro Vicente, de 20, e Brendo Vicente, de 17 anos, eram moradores de Vila Valqueire, num trecho do bairro muito perto da Favela da Chacrinha, controlada por milicianos e um dos alvos da disputa sangrenta. Na noite de 27 de junho, eles foram com um amigo — cuja identidade não foi revelada pela polícia — a um baile funk na Favela Bateau Mouche, dominada por traficantes.

Com três prisões decretadas pelo Tribunal de Justiça do Rio (duas preventivas e uma temporária), Alex Hienen de Medeiros, o Pororoca, de 34 anos, é um dos chefes do tráfico na Bateau Mouche. Velho conhecido da polícia, ele é suspeito de envolvimento no sequestro seguido de desaparecimento dos três jovens.

De acordo com testemunhas, as três vítimas, confundidas com milicianos que poderiam estar infiltrados no baile promovido pelo tráfico, foram amarradas, levadas para um beco e em seguida torturadas. Entre os torturadores, estaria o próprio Pororoca.

A partir daí, os três rapazes não foram mais vistos. O desaparecimento do trio foi registrado inicialmente na 28ª DP (Campinho), mas passou a ser investigado pela Delegacia de Homicídios (DH). Após dez meses de angústia, parentes e amigos dizem ter pouca esperança de encontrá-los vivos.

— É muito complicado. A mãe dos irmãos chora toda vez que lembra. Eram meninos bons e trabalhadores. Um era empregado num supermercado, onde fazia reposição de mercadorias. O outro fazia entregas para uma loja de material de construção. Tenho pouca esperança de vê-los novamente — disse um parente de Brendow e Brendo.

1.686 Visualizações