Após denúncias de irregularidades durante a campanha Bolsonaro exonera ministro do turismo

By | fevereiro 6, 2019

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, foi exonerado do cargo nessa quarta-feira (6). A informação foi publicada no Diário Oficial da União.

O decreto de exoneração leva a assinatura do presidente, Jair Bolsonaro, e do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

A exoneração ocorre dois dias após o jornal Folha de São Paulo publicar uma reportagem apontando Marcelo Antônio como integrante de um esquema irregular para lançar candidatas laranjas nas eleições e assim desviar dinheiro do Fundo Partidário.

Nas redes sociais, Marcelo rebate dizendo que o jornal faz ilações falsas que deturpam os fatos e que a distribuição do Fundo Partidário no PSL de Minas Gerais cumpriu rigorosamente o que determina a lei e que todas as contratações da campanha dele foram aprovadas pela Justiça Eleitoral.

Em nota, a assessoria da Casa Civil informou que o ministro saiu do cargo para tomar posse como deputado federal e retorna ao posto até o final desta semana.

Ainda segundo a Casa Civil, Marcelo não tomou posse antes porque estava hospitalizado, após cirurgia, e que a assinatura do ministro Sérgio Moro é praxe nos decretos dessa natureza.

125 Visualizações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *