Polícia pede prorrogação de inquérito sobre atirador que matou cinco pessoas em igreja de Campinas

By | janeiro 11, 2019

A equipe responsável por investigar o caso do atirador que matou cinco pessoas na Catedral Metropolitana de Campinas há um mês vai pedir à Justiça a prorrogação do inquérito por 30 dias, informou a Secretaria de Estado de Segurança Pública de São Paulo. A Polícia Civil ainda aguarda as conclusões da perícia para finalizar o inquérito. Segundo a secretaria, também falta ser ouvida uma testemunha, uma das três pessoas que ficaram feridas durante o ataque, mas que sobreviveram.

Até o momento, prestaram depoimento parentes de Euler Fernando Grandolpho, que se matou logo após cometer o atentado, entre outras testemunhas. As investigações estão sendo conduzidas pelo 1º Distrito Policial de Campinas.

Fonte: EBC Notícias

123 Visualizações
Compartilhe