Médium João de Deus se entrega à polícia em Goiás

By | dezembro 16, 2018

O médium João Teixeira de Faria, de 76 anos, conhecido como João de Deus, se entregou à polícia, no município de Abadiânia, Goiás, neste domingo (16). O encontro com as autoridades ocorreu em uma estrada de terra.

O advogado de João de Deus, Aberto Toron realizou a negociação com o delegado geral da Polícia Civil. O médium chegou no veículo de um dos advogados e estava em um sítio. A polícia chegou em três carros.

Ele é suspeito de ter abusado sexualmente de mulheres durante atendimentos espirituais na Casa Dom Inácio de Loyola, onde trabalhava, na cidade de Abadiânia. Personalidades artísticas e políticas passaram pelo centro do médium.

Na sexta-feira (14), foi decretada a prisão do médium denunciado por abuso sexual, o advogado dele, Alberto Toron, disse que entraria com pedido de habeas corpus contra a decisão, que considerou “ilegal e injusta”. “A impetração do habeas corpus não exclui a apresentação do senhor João de Deus”, afirmou Toron.

Uma força-tarefa para recolher as denúncias de abusos sexuais contra o médium. De acordo com a Promotoria 335 contatos já foram recebidos, do Brasil e de outros países. Foram colhidos depoimentos nos Ministérios Públicos de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Distrito Federal e Espírito Santo.

As denúncias contra João de Deus começaram a vir a público na última sexta-feira (7) quando o programa Conversa com Bial, da TV Globo, divulgou as primeiras denúncias de abuso sexual. A partir daí, outras mulheres que afirmam ser vítimas do médium começaram a procurar as autoridades e a imprensa.

117 Visualizações