Deputados estaduais presos sofrem com calor e falta d’água em Bangu 8

By | dezembro 20, 2018

Os sete deputados estaduais presos em Bangu 8, na Operação Furna da Onça, se queixam de problemas enfrentados na cadeia. A lista é extensa. A falta d’água e de limpeza, o calor insuportável e o tempo de confinamento, com poucos momentos de banho de sol, têm irritado a turma de detentos da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

Deputados Alerj presos

Ontem, o deputado Paulo Ramos (PDT) foi visitá-los para ouvir as queixas a pedido do presidente em exercício da Alerj, André Ceciliano (PT). Os parlamentares tentam ajudá-los. São eles: André Corrêa (DEM), Luiz Martins (PDT), Chiquinho da Mangueira (PSC), Marcos Vinícius Neskau (PTB), Marcos Abrahão (Avante), Marcelo Simão (PP), Coronel Jairo (SD).

Os parlamentares estão presos na mesma ala do presídio. Ficam em dupla nas celas. O acesso de Paulo Ramos, fora do dia e do horário de visitas, teve autorização da Secretária de Administração Penitenciária após um ofício da Alerj.

Clima é tenso

Os deputados presos não se conformam com a Operação Furna da Onça e de ficarem longe das famílias nas festas de fim de ano. Coronel Jairo, por exemplo, apresenta quadro de depressão.

Preocupação

A direção do presídio, inclusive, está preocupada em atender o apelo da Alerj porque pode parecer que os deputados estão tendo regalias dentro da cadeia.

268 Visualizações
Compartilhe